Início >> Noticia >> Seaster promove oficina para qualificar profissionais do sul e sudeste do Pará
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Seaster promove oficina para qualificar profissionais do sul e sudeste do Pará

A secretária de Assistência Social de Redenção, Jucema Furtado, busca ferramentas para vencer seu maior desafio: lidar com a falta de capacitação dos trabalhadores da área. Essa é a importância da oficina “Operadores do Suas”, ministrada pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade. A capacitação terminou nesta sexta-feira (4) e reuniu mais de 100 técnicos da região.

“Mais do que uma capacitação de trabalhadores da assistência social, a oficina vai contribuir para a melhoria no atendimento dos usuários do sistema socioassistencial dos municípios”, acredita Jucema. A oficina é uma extensão do projeto desenvolvido pela Seaster, que já percorreu os polos de Santarém e Parauapebas, atendendo 21 municípios. A meta é capacitar todos os trabalhadores da assistência social do Pará. Eles ampliam conhecimento para atuar em entidades como Cras, Creas, abrigos e centros pop, referência em atendimentos especializados para pessoas em vulnerabilidade social.

O polo de Redenção integra os municípios de Redenção, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, Pau D’Arco, Conceição do Araguaia e Bannach. A proposta do encontro é agregar conteúdo, valores e significados para os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas). “Este evento é fruto da união de esforços entre a Seaster e os secretários municipais do polo de Redenção. O desenvolvimento socioassistencial no Pará começa pela preparação dos profissionais que lidam com pessoas em risco e vulnerabilidade social”, disse a titular da Seaster, Ana Cunha.

As atividades propostas na programação visam dialogar sobre o dia a dia dos técnicos e gestores das entidades da área da assistência social. Os temas abordados objetivam a construção do conhecimento coletivo, que contribui para o desenvolvimento de técnicas e instrumentos que auxiliam nos serviços prestados no âmbito socioassistencial. “Essa oficina é importante para nós, uma vez que ela nos fortalece e capacita para a execução das ações do Suas. A oficina permite a troca de experiências e o debate sobre quais são as práticas que estamos executando”, destacou o assistente social de Redenção Marcelo Miranda.

Além dos trabalhadores da assistência houve a participação de gestores municipais nas capacitações. “Tivemos mais de 100 participantes inscritos em razão da solicitação feita pelos gestores municipais para participar da qualificação. Isso mostra o comprometimento deles com o desenvolvimento social dos municípios, gerando benefícios para todo o Estado”, ressalta a coordenadora de Formação de Gestão do Trabalho da Seaster, Sandra Figueiredo.

Na próxima semana, entre os dias 7 e 10, na Secretaria de Assistência Social de Xinguara, participam da capacitação profissionais dos municípios de Água Azul do Norte, Ourilândia do Norte, São Felix do Xingu, Sapucaia e Tucumã.